Alunos de Publicidade e Propaganda ficam entre os cinco melhores no prêmio Estudante do Ano | Universidade Feevale

Alunos de Publicidade e Propaganda ficam entre os cinco melhores no prêmio Estudante do Ano

09/12/2019 - Atualizado 15h26min

Hugo Lars Wagener e Otávio Vieira Santos desenvolveram o tabuleiro Missão: vidas em risco


Hugo Lars Wagener e Otávio Vieira Santos


Os estudantes do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Feevale, Hugo Lars Wagener e Otávio Vieira Santos, ficaram entre os cinco melhores trabalhos do prêmio Estudante do Ano da ARP Academy, realizado pela Associação Riograndense de Propaganda (ARP). A iniciativa consistia em criar uma campanha para um cliente real, que neste ano foi a organização Médicos Sem Fronteiras (MSF), que leva cuidados de saúde a pessoas afetadas por graves crises humanitárias pelo mundo. Para isso, os alunos desenvolveram o tabuleiro Missão: vidas em risco, que coloca o jogador na função de distribuir as ações, como recursos distribuídos e pessoas auxiliadas da organização, para completar o objetivo do tabuleiro como um representante do MSF.

Da esquerda para a direita: Wagener e Santos

Da esquerda para a direita: Wagener e Santos

Os estudantes procuraram, de acordo com Wagener, abordar uma temática leve e interativa. “Pensamos que muita gente não gosta do tipo de campanha que procura chocar ou mostrar cenas fortes. Por isso, buscamos fazer o jogo de uma forma mais divertida, com o objetivo de mostrar como são úteis e benéficas as ações do MSF”, fala. Santos explica que o intuito foi criar uma campanha para abordar os passantes de forma lúdica e consciente, fortalecendo a abordagem da doação. “O jogo possibilita o entendimento de diversos tópicos que as doações atendem, além de auxiliar na compreensão de como o Médico Sem Fronteiras atua e a proporção de pessoas beneficiadas”, diz.

Para o coordenador do curso de Publicidade e Propaganda, Thiago Mendes, a classificação foi a constatação de um trabalho que vem sendo feito no curso durante os últimos anos. “O reconhecimento é uma chancela para o mercado, para o ecossistema de propaganda e, principalmente, para os alunos, de que eles próprios têm qualidade para competir de igual para igual com os profissionais formados nas melhores instituições do Estado. Também é uma maneira de mostrar ao mercado que os profissionais da região têm um alto nível de competência. Isso é motivo de muito orgulho”, relata.

As ideias da competição foram avaliadas exclusivamente pelo cliente, que seguiu o procedimento blind review, no qual os trabalhos não são identificados, para garantir a isonomia do processo. Os acadêmicos da Feevale receberão uma mentoria de profissionais do ano já premiados no Salão ARP.