Estilização de cadeiras de rodas une comunidade e estudantes da Feevale | Universidade Feevale

Estilização de cadeiras de rodas une comunidade e estudantes da Feevale

13/11/2019 - Atualizado 18/11/2019 12h28min

Após oficinas de Criatividade, usuários de cadeira de rodas desfilarão com suas cadeiras customizadas no dia 21


Oficina de Criatividade


“As cadeiras de rodas são as pernas deles”, diz a coordenadora da ação Estilizando sua Cadeira de Rodas e professora da Universidade Feevale, Jacinta Renner, que, durante duas semanas, juntamente com cerca de 50 alunos voluntários e docentes da Instituição, propôs um momento de inclusão direcionado para usuários de cadeiras de rodas. Durante as oficinas de Criatividade, os assistidos puderam abusar da imaginação, do estilo e das suas identidades para estilizar suas cadeiras. Com cerca de 25 a 30 participantes, será elaborado um desfile, que ocorrerá no dia 21 de novembro, às 18h, na Rua Coberta, Câmpus II da Feevale. A atividade poderá ser conferida de forma gratuita.


Cláudia Peres

Lidiane Menezes

Ângela Machado

Na oficina, os usuários puderam desenhar, pintar e customizar suas cadeiras para que elas pudessem expressar suas personalidades. Um exemplo disso é Cláudia Peres, estudante de Ciências Biológicas na Universidade, que escolheu uma frase autoral para identificar sua cadeira.

Eu vou colocar uma frase de uma poesia minha, que diz ‘Se você nunca conseguiu voar, você viveu errado’. Também desenharei girassóis, porque adoro essa flor”, explica.

A egressa do curso de Gastronomia pela Instituição, Lidiane Menezes da Cunha, acredita que os voluntários gostaram tanto da atividade quanto eles, que estão recebendo cadeiras customizadas.

Acho que o pessoal está gostando muito porque é uma coisa diferente e por estarem nos ajudando a colocar acessórios para as nossas cadeiras, que são parte da gente” relata. A graduada escolheu um encosto com seu apelido escrito (Lidi), além de três estrelas e “splashes” coloridos, que também estarão nas rodas.

Ângela Machado, acadêmica de Psicologia e participante do Programa de Educação Tutorial (PET), adorou auxiliar nas oficinas como voluntária.

É maravilhoso. Tem uma coisa maior por trás, que é ver a felicidade de pessoas que, às vezes, passam invisíveis, não são reconhecidas ou são discriminadas. Poder contribuir, mesmo que seja com um grão de areia em relação a isso, faz a gente se sentir muito especial, leve, é muito bom”, fala.

Para Jacinta, as oficinas puderam fazer com que os participantes mostrassem um pouco de sua personalidade a partir da cadeira. "A proposta foi trazer os usuários de cadeiras de rodas para uma realidade mais divertida, mais colorida, dar mais luz, mais brilho para a vida deles. A gente sabe que são pessoas muito alegres, felizes, e que muitos querem mostrar essa alegria que sentem, esse empoderamento, por meio de suas cadeiras”, expõe.

As oficinas e o desfile estão sendo promovidos pela Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão (Proppex), por meio do grupo de pesquisa em Design. Também participam os programas de pós-graduação em Diversidade Cultural e Inclusão Social e Processos e Manifestações Culturais e os cursos de graduação em Design, Moda, Estética e Cosmética, Artes Visuais e Engenharia Mecânica. A iniciativa conta com o apoio do PET e dos projetos sociais Recosturas da Moda, Alinhavando Oportunidades, além do Projeto Circular, da Oficina Tecnológica, do Centro de Design da Feevale e da Associação dos Lesados Medulares do Rio Grande do Sul (Leme).


Confira as fotos:

Oficina de criatividade - Estilização de cadeiras de rodas