Semana das Artes proporciona diferentes manifestações artísticas aos alunos da Escola de Aplicação | Universidade Feevale

Semana das Artes proporciona diferentes manifestações artísticas aos alunos da Escola de Aplicação

16/11/2020 - Atualizado 14h46min

Evento aconteceu na última semana por meio da plataforma Blackboard

semana das artes

A Escola de Aplicação Feevale realizou, na última semana, a Semana das Artes. Com o tema Labirintos - em tempos de reinvenção, rumo a novos caminhos, o evento proporcionou, aos estudantes da Instituição, de forma virtual, momentos de reflexão sobre as diferentes formas de expressão de arte. “A ação foi puro encantamento. Os estudantes aprenderam, se divertiram e se envolveram com diversas propostas artísticas, por meio de experiências incríveis”, destaca Vanderléia Muller Schons, professora da Escola.

O evento contou com bate-papos, saraus artísticos, workshops com escritores e ilustradores, além de apresentações musicais e oficinas de ilustração. Confira os depoimentos de alguns alunos, professores e artistas que participaram do evento:


Luise Pressi Bittencourt – aluna da 2ª etapa do 1º ciclo do Ensino Fundamental

Gostei da Semana das Artes porque houve várias atividades, histórias e brincadeiras. O que eu mais curti foi conhecer o autor do livro O menino e a casa na árvore: entre sonhos e pesadelos, Samuel Robinson, pois aprendi várias coisas muito legais com ele. Gostei, também, do sarau, porque tive a oportunidade de cantar e apresentar o meu piano aos meus colegas.”

Kauane Lopes Ferreira – aluna da 2ª etapa do 3º ciclo do Ensino Fundamental

Infelizmente, esse ano foi totalmente atípico para todos nós e mudamos tudo para as telas de nossos eletrônicos. Mas nossos professores sempre fazem de tudo para serem o melhor para nós, fazendo projetos maravilhosos, aulas diferentes e workshops muito legais. Na Semana das Artes, cada dia tivemos momentos divertidos, perguntando e descobrindo as experiências dos artistas que participaram. Meu dia favorito foi o do encontro com a autora Penélope Martins, que escreveu o livro Minha vida não é cor-de-rosa. Ela falou um pouco sobre como foi fazer o livro e, também, sobre sua experiência de vida.”

Penélope Martins – escritora que participou do evento

Acredito que a educação está passando por profundas transformações e que projetos como esse são inspiradores para nossas práticas em desenvolvimento leitor-humano. Fica registrado meu respeito à concepção do trabalho desses profissionais que dedicam suas vidas à alteridade com toda dignidade e afeto.”

Pedro Mattos – professor da Escola de Aplicação

Vivenciar a Semana das Artes foi incrível. Promover esse contato com diversas expressões artísticas à comunidade escolar é ter um olhar sensível, mostrando que, mesmo durante o período que estamos vivendo, a arte surge como esforço aos nossos corações, traduzindo tudo aquilo que perpassa pelo nosso ser.”