Projeto promove o Cine Kaingang em comunidade indígena | Universidade Feevale

Projeto promove o Cine Kaingang em comunidade indígena

O projeto social da Universidade Feevale Múltiplas Leituras desenvolve oficinas de filmagens na  comunidade indígena Kaingang Por-Fi. Na comunidade, localizada no bairro Feitoria, em São Leopoldo, a proposta é ensinar, de forma intuitiva e prática, as crianças da escola indígena a filmarem encenações do seu cotidiano. A oficina Cine Kaingang acontece todas as quintas-feiras, no turno da manhã, durante o período de aula do professor Josme da Escola Estadual Indígena de Ensino Fundamental Comunidade Kaingang Por Fi, com crianças com idade entre 6 e 10 anos. As atividades são ministradas pela professora Rosana Vaz Silveira, do curso de Publicidade e Propaganda, e pela bolsista Fernanda Rodrigues, de Pedagogia.
 
A prática de filmagem surgiu de uma necessidade da comunidade em registrar o relato de pajés e anciões como forma de preservação dos ensinamentos da cultura Kaingang para as próximas gerações. Além disso, entende-se que a cultura indígena precisa de um olhar narrativo dos próprios indígenas, com isso, os integrantes do projeto doaram uma câmera filmadora para que o professor da escola pudesse coletar cenas do cotidiano, assim como demonstrar a prática para as crianças. Essas cenas coletadas são projetadas na escola para que se possa construir, de forma coletiva, a visão indígena diante de suas atividades.
 
O projeto Múltiplas Leituras, que é coordenado pela professora do curso de História da Feevale, Inês Reichert, pretende, além de proporcionar o registro da cultura da comunidade, conceber documentários para serem apresentados em festivais de cinema indígena. O projeto conta também com a participação do professor Bruno Lorenz, do curso de Design, e da bolsista Ana Júlia Scherer, do Direito.